ECOPOL Saúde

A reconfiguração do Estado e a política social em tempos de crise: breve análise sobre a política de saúde sob a lógica neoliberal

Resumo

Este artigo tem como principal objetivo analisar a reconfiguração do Estado brasileiro e como o receituário neoliberal vem impactando a saúde pública no país desde a década de 1990. Busca-se avaliar a relação entre o Estado neoliberal e a corrosão dos direitos sociais, a flexibilização das relações trabalhistas e os sucessivos desmontes dos serviços públicos em tempos de crise estrutural. A investigação acerca desses elementos nos fornece as bases para a compreensão dos processos de precarização dos serviços de saúde e das condições laborais nesse setor. Para melhor apreender os elementos supramencionados, será realizado um resgate histórico e teórico, a partir de uma bibliografia que faça referências ao Estado monopolista, à questão social, ao desenvolvimento da política social e aos atuais desafios da saúde pública no contexto neoliberal.
Compartilhe: